segunda-feira, 29 de abril de 2013

Homem De Ferro 3-Por Espetacular Nik



    Com Spoilers...


  
     Como sabemos, Homem De Ferro 2 nada mais foi do que um balde de bosta humana em chamas.
Homem De Ferro 3 tinha a dura responsabilidade de levantar o ânimo da franquia do latinha no cinema. Será que ele cumpriu tudo que prometia? É o que veremos na critica abaixo.


Já que eu só me ferrei nesse filme eu vou me deitar.


     O filme mostra um Tony Stark paranoico após os acontecimentos dos Vingadores. Tony se sente fraco se comparado a seus parceiros de equipe e se isola seu laboratório e passa a criar diversas armaduras, alheio ao que acontece mundo afora. Enquanto isso, um terrorista conhecido como O Mandarim espalha o terror com misteriosas explosões que não deixam vestígios. Não demora muito para que Tony cruze o caminho do Mandarim. Mas desta vez Tony precisará mais do que nunca de sua engenharia e determinação para salvar seu país e a mulher que ama.




Pobre, Ferrado e sem casa.

        O filme tem muitas cenas dispensáveis e ainda mantêm um ou dois dos diálogos idiotas herdados do Homem De Ferro 2 , mas também corrige muitos problemas do seu predecessor. Achei um exagero às críticas feitas ao roteiro, na verdade eu achei bem natural. Um ponto positivo para este filme foi que vimos um  Tony Stark que realmente mostra sua genialidade em sentido prático e que tem atitude e não é apenas um homem em uma armadura. Achei a paranoia dele um pouco exagerada e até um pouco cômica, e sem dúvida um ponto fraco no filme. As interpretações estão fantásticas, simplesmente incríveis. Robert Downey Jr. roubou a cena como sempre e deixou bem claro que ele É o Tony Stark, mas daria destaque também a Ben Kingsley como Mandarim e Don Cheadle como Patriota De Ferro e não poderíamos esquecer do juvenil Ty Simpkins que se destacou como Harley.




      Os Efeitos Especiais estão melhores do que nunca, chegaram a um patamar bastante empolgante. E Homem De Ferro 3, mesmo tendo menos cenas com armaduras tem as melhores cenas de ação de toda a trilogia. Muito bem boladas, e a festa de armaduras no final, para quem estava questionando, ocorre de maneira bem natural no roteiro e se mostra um fato necessário. É interessante ver que tudo que víamos nos trailer se une de uma forma bem legal na tela. Mas agora vamos ao que fez com que Homem De Ferro 3 não fosse essa coca cola toda.



    O negocio é que o Mandarim se mostrava um terrorista sangue no olho e perigoso. Esse clima em todo o filme o deixa legal e com um suspense interessante. Todo um clima obscuro é formado em cima do enigmático Mandarim. Mas no meio da película o que acontece? Descobre-se que o Mandarim é apenas um ator. Eu simplesmente não podia acreditar naquilo que estava vendo, eu broxei completamente, ânimo que só vim recuperar na batalha final. Outro problema foi o fraco Jon Fraveau como Happy Hogan que acaba trazendo piadinhas e momentos ao melhor estilo Homem De Ferro 2. Também achei o final um pouco resumido e algumas coisas nele bastante dispensáveis. Resumindo, Homem De Ferro 3 recuperou a franquia dos erros de Homem De Ferro 2 e conseguiu fechar a trilogia, além de ser um filme divertido, broxante em alguns momentos, mas suas qualidades são superiores a seus defeitos.

Nota-7

2 comentários:

  1. Coloque sempre os creditos devidos quando você copiar o texto!

    ResponderExcluir

Faça parte dessa Nerdlution